Hello 2016 + Retrospectiva (textão alert!)

31.12.15

Um 2016 cheio de psicodelia, comida, sensualidade e carinho -q

Olá, negos e negas! Tudo na paz? Preparados para a virada de ano? A minha não será nada de mais, passarei em casa mesmo com a família, comerei bastante ( ͡° ͜ʖ ͡°) e terminarei o desafio dos 100 Happy Days, portanto, só preciso dizer uma coisa: ...DARY! (quem não entendeu veja este post maroto). ENFIM! Pra mim o ano novo não simboliza muita coisa, quer dizer, é mais um ano que se foi, um ano em que ficarei mais velha, um ano em que aconteceram mais algumas coisas na minha vida e coisa e tal. Nunca faço promessas ou crio grandes expectativas, porque não é assim que as coisas funcionam. Mas é claro que a virada sempre nos traz aquele sentimento de "etcha lelê, como o ano passou rápido e o q ta conteseno na minha vida?"


E é por isso que resolvi fazer uma retrospectiva do ano de 2015, para não esquecer os detalhes do que esse ano me proporcionou e para medir os acontecimentos de forma a avaliar quantas coisas boas e ruins me aconteceram. Por isso dividirei por mês para ficar mais fácil de montar a retrospectiva. Até iria postá-lo amanhã pois já fiz um post de ano novo, mas não faz sentido começar 2016 lembrando do passado, então resolvi mandar logo isso hoje mermo pra fechar 2015 com chave de ouro. Será um post gigante, então se não estiver a fim de ler, leia pelo menos sobre o mês de dezembro e a conclusão da retrospectiva lá embaixo (ou não né, ninguém é obrigado, só seja feliz, mas só aviso que em dezembro tem uma mensagem especial -q)


Janeiro foi um mês meio complicado pra mim. Eu estava grávida de 4 meses da Olívia e tinha acabado de terminar um relacionamento, o qual teve um final um tanto conturbado. Nos meses de outubro de 2014 a janeiro de 2015 eu sofri muito por conta disso, e demorei um pouco para me recuperar de todo o tipo de sentimento que estava preso dentro de mim. Graças a deus tive a ajuda da minha família e das minhas melhores amigas, pessoas tão queridas que estiveram e sempre estarão lá pra mim. Foi o mês em que completei 21 anos, mas não me lembro muito do meu aniversário, até porque, já imaginam, né só sei que saí com meus manos e tava um calor desgracento. De outubro de 2014 a janeiro de 2015 foi a época da minha vida em que mais precisei tirar forças de onde nem sabia que eu tinha pra continuar. Em janeiro também saí do meu emprego e estou desempregada até agora. Foi em janeiro que criei o Vamos Falar de Cinema, o blog que me fez voltar pra blogosfera, mas ainda passava por fase de reformulações.


Foi em fevereiro que as coisas começaram a melhorar na minha vida emocional. Estava mais "cicatrizada", digamos assim, e comecei a entrar realmente na onda da gravidez, então pude começar a curtir mais. Afinal, é o tipo de coisa que pode ser que aconteça só uma vez na vida, né! Talvez eu venha a falar mais sobre a gravidez mais pra frente, porque a minha história rende um assunto um tanto ~polêmico~, mas não vou falar sobre isso tão já. Realmente não me lembro muito do mês de fevereiro. Só sei que curti MUITO ficar sem trabalhar, hehe. Também cortei o cabelo curtinho pra ficar ~DYVA~ (mentira, era pra não aparecer a raiz -q).


Março foi um mês bem de boas na minha vida. Já estava praticamente curada do stress emocional (gente, isso é coisa séria, não to de zoa), já estava decorando o novo apartamento que aluguei para morar (do qual escrevo neste exato momento) e já estava ganhando presentes pra minha filha. Comecei a focar na faculdade e fiz um documentário sobre deficientes visuais, o qual me ensinou muita coisa e me fez ter outra perspectiva sobre a vida. Entrevistei um casal de cegos - Marco Antonio e Ana Paula - que moravam sozinhos. Pessoas maravilhosas, inteligentes, engraçadas e muito queridas. Infelizmente Marco veio a falecer alguns meses depois de gravarmos o documentário. Mas nunca nos esqueceremos dessas pessoas maravilhosas.


Em abril meu emocional já estava totalmente voltado à Olívia, porém não estava ansiosa como meus pais ou muitas outras pessoas que queriam ver logo a criança nascendo, rs. Eu estava curtindo. Aproveitei para me dedicar totalmente à faculdade, ler uns mangás, ver alguns filmes, DORMIR, enfim, aproveitar o que de melhor a vida tem a oferecer. AH! Também fiz um freela de uma semana na minha antiga empresa (mas só recebi o money depois). E assisti Cinderela no cinema. Não me lembro muito desse mês, mas foi por aí. -q


Maio foi um mês loko. Tipo, era o nono mês da Olívia dentro da minha barriga e por algum motivo minha barriga só foi crescer no último mês, aí já estava todo mundo tipo "sai logo daí caraio, tem mils pessoas pra te paparicar e dar presentes e cheirar e etc etc". Fiz os dois chás de bebê (sim, dois), que na verdade eram chás de fralda, então ganhei MUITA fralda (que foi extremamente útil, obrigada infinito a todos os que presentearam <3). Entreguei os trabalhos finais do terceiro semestre da faculdade e entrei de licença pra poder ter a bebê (pois achava que ela chegaria na última semana de maio, mas ela não chegou, essa sapeka).


Daí veio junho e tudo aconteceu! Trelelelê~ Olívia nasceu dia 8, um dia depois do aniversário da minha irmã e no mesmo dia do aniversário da minha melhor amiga e dinda de consideração, Bel. É, eu conheço uma porrada de geminianos e a Olívia é mais uma na minha vida. Mas vamos encarar os fatos e seguir em frente né, fazer o quê. O parto foi normal e tudo correu bem. Nos primeiros dias vieram poucas visitas graças a deus. Foi a época das noites sem dormir, dos choros, da falta de prática, do medo de tudo. Foi a época das dores que não vou nem comentar e a época de imensa alegria, assim, uma alegria inexplicável que nos faz esquecer de todos os problemas. Em junho também foi aniversário do meu pai (dia 29) e assinei o netflix, então adeus vida a partir daí ( ͡° ͜ʖ ͡°). AH! Também foi mês de comemoração porque foi aprovado o casamento gay nos EUA inteiros, onde mandamos um chupa à sociedade homofóbica <3


Em julho eu passei um estresse gigante com a porcaria da faculdade, pois eu precisava fazer as provas que não tinha realizado pra poder voltar em agosto já com tudo ok pra não perder o semestre. Eis que me dá um baita problema, uma burocracia gigante, trocas de professores e NINGUÉM PRA ME EXPLICAR O Q TAVA CON TESENO! Então eu tive que correr atrás de TUDO, xingar umas pessoas aqui e ali, até que consegui finalmente fazer as provas. Mas não parava por aí. O resto da história vem em agosto...


Daí, quando as aulas me voltam, em agosto, eu não estou matriculada na porcaria do curso. Daí vou lá na faculdade e ninguém sabe explicar o que acontece. Possessa, vou até o coordenador do curso, e adivinhem? O coordenador havia mudado, e o novo que entrou não sabia resolver nada! Aí fui tentar novamente resolver o problema e fui atendida por uma mulher super grossa sem consideração nenhuma que disse simplesmente que eu tinha que me virar. Então me virei, conversei com o coordenador e, após UM FUCKING MÊS (ou seja, em setembro), eu finalmente estava devidamente matriculada e o coordenador fez a obrigação de me tirar todas as faltas. Fora isso, em agosto revi amigos queridos da facul e pude sair um pouco de casa (pois estava confinada né, com um bebê pequeno).


Setembro já foi um mês de mudanças. Meu irmão faleceu no dia 9 (que deus o tenha, querido). No dia 11, meu sobrinho completou 19 anos e no dia 12 meu primo se casou. O casamento foi a primeira viagem da Ollie e ela odiou, ficou chorando o tempo todo (provavelmente porque estava um frio do cacete). Toda a família estava num misto de tristeza pelo falecimento e alegria pelo casamento, então foi um pouco complicado. Fora essa situação toda, teve Queen no Rock in Rio com o Adam Lambert e a faculdade começava a apertar porque estava começando a produção do TCC. Comecei o desafio dos 100 dias felizes e terminei de assistir How I Met Your Mother.


Outubro foi um mês mais supimpa! Olívia, já com 4 meses, estava bem mais fácil de lidar, eu já podia dormir mais e assistir mais netflix. Apesar da correria do TCC, pudemos comemorar de leve o aniversário da minha mãe (dia 23) e finalmente recebi o pagamento pelo freela que fiz em abril (benzadeus, eles me enrolaram pra caramba, não dá pra confiar). Terminei o TCC neste mês (pois é, fizemos um TCC em praticamente dois meses) e fiz meus óculos novos. <3 Também comecei a assistir Orange is The New Black e Sherlock <3. E teve tema feminista na redação do ENEM! <3


Ah, doce novembro! Apresentei meu TCC para a banca na segunda semana do mês e fui aprovada, para a felicidade geral da nação! Depois disso, pude me dedicar mais aos meus hobbies - foi então que comecei a bolar a volta do L'Énigmatique ♥ -, inclusive terminei de ver Sherlock e OITNB e comecei a assistir American Horror Story, além de alguns filmes como O Iluminado. Também continuei a leitura de Orgulho e Preconceito que estava meio parada. Aproveitei para estudar um pouco para o vestibulinho do curso de canto. Olívia começou a sentar direitinho! <3 E eu fui na exposição da diva divosa Frida Kahlo. Apesar de tudo isso, também foi o mês de duas grandes tragédias que abalaram o mundo e repercutiram por toda a parte - a destruição do Rio Doce em MG e o atendado terrorista em Paris - e é claro que eu não pude deixar de ficar muito triste e chocada com essas notícias.


Dezembro foi o mês mais da hora desse ano. Primeiro, porque a Olívia completou seis meses, o que significa que ela está bem desenvolvida, sentando direitinho, dançando, comendo frutinhas, falando uma língua que ninguém entende, enfim. Também porque a faculdade terminou e eu finalmente me formei! YAY! E comecei a estudar música para tentar entrar no curso de canto. Ainda, teve o Natal e o Reveillón, que são épocas que gosto muito! Além de tudo isso, ele foi especial porque criei o blog aqui <3 Mds, esse blog só tem um mês mas parece que tem muito mais! Todas as pessoas lindjas e blogs incríveis e interessantes que conheci ou revi este mês já fizeram este ano valer a pena! À Shana, Thay, Reli, Any-chan, Hari, Rih, Mry, Ren, Tenie, Tia Nyu, Hannah Mila, Lives, Nanda, Hinata, Mia e algumas outras pessoas das quais visito o blog e gosto muito: revelo meus sinceros agradecimentos. Seus blogs e textos me inspiram a cada dia e espero poder continuar por aqui pra ver o progresso de cada um de vocês! Fora isso, assisti a terceira temporada de Junjou Romantica, Kuroshitsuji Book of Circus e comecei a assistir Digimon Adventure Tri. Houve também uma coisa que me deixou muito triste - o incêndio do Museu da Língua Portuguesa. Eu moro perto de lá e gosto muito da Estação da Luz e de toda a região, por isso fiquei muito triste com o acontecido, pois sei o quão importante era aquele lugar e o grande patrimônio que foi perdido de uma forma tão trágica - apesar de grande parte do acervo ter sido salvo pois é digital e de ter havido apenas uma morte.


Bem, a conclusão é que este ano, para mim, começou muito ruim e terminou muito bom, com promessa de um 2016 melhor ainda. O resumo da ópera foi a gravidez, o nascimento da Ollie, o fim da faculdade, o Netflix, a música e o blog. Sim, esses foram os pontos mais marcantes em 2015. Infelizmente não fui em tantos museus, exposições, cinemas, teatros, viagens como gostaria. Infelizmente não trabalhei então fiquei pobre. Mas, colocando numa balança, eu diria que foi um bom ano. De renovações, de mudanças e de muita força.

Bom, esse foi o maior post que já escrevi até aqui, e isso porque deixei de escrever várias coisa das quais não me lembrei. Te entendo se você não teve paciência pra ler tudo. -q

Mas é isso! Um ótimo 2016 a todos, que este ano seja repleto de coisas maravilhosas, divosas, muita magia e conquistas! x3

12 comentários:

  1. Ai mds... Mais um post grande... Sinto que no fim do dia meus dedos estarão sangrando de tanto escrever! Imagina só, eu que comento pra caralho, vejo só post enorme! shuashasu
    Meu emocional ficou abalado desde de o ano passado, na qual meu crush -o mesmo crush que citei na tag de promessas de fim de ano- entrou na minha vidinha. E eu sempre fui muito técnica e ele me deixou com um grande ponto de interrogação em cima da minha cabeça. Nunca tinha experimentado amor antes e foi um grande "bac". Aí passei seis meses sem falar com ele direito, foi uma lástima shuahsau
    Não conhecia o Vamos Falar de Cinema, até porque eu dei uma saída da blogosfera no mesmo período que você o criou. A louca aqui decidiu fazer dois semestres de uma vez na faculdade e ficou mais apertado impossível -q
    Também não lembro bem de fevereiro, só que conheci na faculdade uns negos fãs de South Park, me inturmei com eles e como éramos quatro era impossível não nos compararmos com os protagonistas da série. Com quem me comparavam? O Kyle, aquela delícia -q
    Março é o mês do meu niver, foi um cocô também e haja trabalho na faculdade, mds...
    Marco, não... ;-;. Você cita ele e já fala que ele morreu, sua do mal ;-;
    Eu ligo tanto pra signos que tive que perguntar ao Rih que porra era "geminianos" aí ele falou tipo "Oi? É quem é de gêmeos" aí fiquei com aquele ar meio trouxa por não saber de uma coisa dessas -q
    Junho marcou mesmo, foi o mês que mais marcou tanto eu quanto o Richard. A mim por causa da faculdade mesmo, estava muito louca com provas, trabalhos e fim dos dois semestres, ou seja, provas e trabalhos dobrados. Não aguentava mais, estava morando na faculdade, praticamente. E pro Rih porque foi o diwo do mês que ele se confessou pro atual namorado dele, na qual ele achou que seria uma boa época de dizer, já que foi aprovado o casamento gay e sessou um pouco preconceitos e tals.
    JULHO FOI LINDJO! DIWA DAS MINHAS FÉRIAS, MDS <3 Julho foi o mês que postei umas três vezes no meu blog só pra não dizer que abandonei por completo, mas mesmo assim, eu estava lotada de coisas pra fazer, coisas de casa e o resto das coisas da facul mesmo.
    Esse mês de agosto me brotou uma curiosidade: E o pai da Olívia? Ao que parece, você mora sozinha com ela, o que houve? Não sabo, mas se não quiser dizer, de boas -q
    Não me lembro do mês de setembro, mas acho que é meio "fodaçi" porque meus meses se resumiram em faculdade, né? Coitada da sua filha, ela só queria dormir em casa sem sofrer um frio do cacete shuashasu
    NEM ME VENHA COM TCC, SE EU JÁ TÔ LOUCA E NEM COMECEI O QUARTO SEMESTRE, IMAGINA TCC!
    E nossa... Pessoas normais terminam o TCC com cinco meses, mas terminar em dois meses é só pros fortes -q
    Dezembro, melhor mês só pelo meu blog diwo <3. E eu fui citada! Me sinto a pessoa mais especial do mundo quando sou citada nesses posts -q
    KUROSHITSUJI <3
    DIGIMON <3
    Esse ano foi tão bosta com as minhas coisas pessoais e da faculdade que nem se compara à beleza do seu ano com a gravidez e tudo, sabe?
    Feliz ano novo! Você é diwa <3

    Diário de uma Otome

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HSAuasuHSAUASH pois é, eu nem to conseguindo comentar em tantos posts, acho que fiquei mais de meia hora só pra comentar no da Any-chan, ta foda ahhaushuahaus
      Uia! Eu imagino, quando o amor chega assim socando a nossa cara e nem sabemos o que fazer, como agir, etc. Mas estou já preparando a pipoca pra ver como vai continuar essa sua saga com o crush, desculpa, mas tá interessante essa bagaça hUHAHUASHUahu
      Ah, entendi! Nem sabia disso, mas pra falar a verdade o Vamos Falar de Cinema teve pouquíssimas postagens porque no meio dele fiquei meio sem tempo e sem inspiração. O QUE? DOIS SEMESTRES EM UM SÓ? COMO ISSO? Que coisa de loko meu, por que? ahsahsuahsuah
      Ah, também adogo South Park! *-* NOSSA, amo o Kyle! Mas meu preferido é o Kenny haahauhauhauh
      Ah, é que foi tão triste saber que ele faleceu que quis compartilhar, tipo, a história de vida deles foi de muito sacrifício, muita luta, e ele nos ensinou MUITA coisa mesmo!
      HAUSHAUSHAUSH AH, eu esqueço que tem gente que não é ligada em signos! Mas agora você sabe quem são os geminianos, olha só -qq
      Que legal! Senti uma conexão aqui! hauhauhauha Junho foi um mês muito amorzinho então <3 AI QUE FOFO ESSE RICHARD! *-*
      Bom, sobre o pai da Olívia, foi com ele que terminei o relacionamento no fim de 2014 e ele foi muito babaca, por isso não gosto nem de citá-lo. Ele vem visitá-la e tudo o mais, mas o máximo que consigo conversar com ele é aquela cortesia básica, sabe? É muito complicado isso, ele é completamente imaturo e tem umas ideias meio bestas. Por isso prefiro nem falar sobre ele por aqui (senão vou xingar auahuashuah). Mas eu não moro sozinha com a Ollie exatamente, sim, eu tenho um apartamento meu e dela, mas meus pais literalmente vivem aqui, eles ficam revezando ahusaushauhuhas
      PUTS, aproveita enquanto ainda não está na época do TCC! Mas a época do TCC é boa também porque você sabe que já está na reta final e aí depois estará formada \o/
      HAUSHAUSH não é? Nós fomos muito ninjas, mas é claro que gostaríamos de ter mais tempo pra terminar, mas a faculdade foi muito bagunçada, prejudicou um monte de gente. ¬¬
      Awn <3 Dezembro melhor mês, sem dúvidas!
      Obrigadaa! ;u; Feliz ano novo!!

      Excluir
  2. De início, quando vi o tamanho do post, fiquei "ai meu deus", mas você escreveu ele de um jeito tão gostoso de ler que quando terminei fiquei até triste de não ter mais, HAHAHA.

    Sobre a Olívia: não sabia que ela era tão novinha! Pensava que ela já tinha uns 2 ou 3 anos, sei lá porquê. Mas eu só fico imaginando a fofura que ela deve ser! ♥ Hahaha. E como assim ela é geminiana? Aff, faz ela voltar e nascer taurina ou canceriana, por favor, qualquer signo menos gêmeos :(((( UHAUAHAU

    Que coisa horrível essa de não estar matriculada, hein? E ainda os caras vão lá e trocam a coordenação logo nessa época, que tenso! Eu ia perder os cabelos, UHAUAHUHA. Se eu fosse você, já teria desistido há tempos, mas que bom que você correu atrás e deu tudo certo <3

    E aaaaw, fico lisonjeada por ser citada ♥ Eu tô lembrando agora que eu visitava o antigo Enigmatic, mas eu era conhecida por outro nome (Haru), é capaz que você nem lembre, mas enfim...

    Feliz Ano Novo, que 2016 seja lindo e que você possa aproveitar bastante a Olívia e o crescimento dela!

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haahahaha que bom que não ficou entediante!

      Ela é pequenininha sim! É uma fofura extrema! ♥

      NÃO É? Tinha que nascer justo geminiana! Se fosse qualquer outro signo tava bom, mas gêmeos, só pode ser minha sina! HUAHAUHA
      Nossa, foi complicado mesmo, mas ainda bem que consegui terminar, agora é um alívio!

      Nooooossaaaaa, eu nem me lembrava do nick Haru, talvez vagamente lá no meu inconsciente eu ainda lembrasse. Mas aí fui pesquisar no Wayback Machine e consegui achar algum dos seus blogs antigos, hospedado no Unsaid Things! Então me lembrei do seu blog e me deu muita nostalgia porque acabei visitando mil páginas pra encontrar o seu huashuahsuha *cries* E percebi que tinha me esquecido de muita coisa desses tempos, de tantas pessoas que sumiram e outras que continuam por aqui, mas mudaram muito a escrita e o estilo (claro né, as pessoas amadurecem e vão mudando ao longo do tempo). E tudo que visitei era de 2008/2009, mais de 7 anos atrás, impressionante!

      Enfim, muuuito obrigada, também te desejo um ótimo 2016! E pode deixar que aproveitarei muito a Ollie ♥

      Beijos!!

      Excluir
  3. Heyooo Hello \o/
    Me desculpa só aparecer agora aqui no seu novo blog, eu fiquei MUITO feliz quando li seu comentário falando que tinha voltando com o Enigmatic (ops, L'Énigmatique, nome em francês, que très chique :3 ), mas entretanto aconteceu uma porrada de coisas na minha vida e tive que largar os blogs por um bocado ._.
    But, não tou aqui pra falar disso agora, vim aqui porque eu tinha mesmooo que vir aqui! Você está sempre no meu blog deixando cada comentário mais gostoso e eu há séculos que não retribuo, sou terrível x_x.
    Bom, eu li seu post TODO, e foi bom de se ler :3 Cada mês contando uma história diferente... e que história caramba! Poxa vida, eu queixo-me da minha vida, do meu ano que foi uma confusão, mas então o seu superou :O Minha mãe está a precisar ler esse seu post pra ver que não é só nós que passamos por dificuldades nesse ano :/
    Mas então... eu não sei muito o que comentar x.x Eu até estou me sentindo envergonada por eu nunca te ter procurado no fb para falarmos um bocado, ou pra te felicitar melhor nos momentos felizes mais recentes porque, poxa, eu vi sua Olie crescer, vi seu projeto do curta, vi vc se formando... mais parece que estava sendo stalker, mas esse fb mete tudo na minha frente DX (não stalkeei juro x_x) Poxa, eu vou mas é falar com você como deve ser depois de você ver esse comentário, não me sinto capaz de comentar seu post por aqui :x Só tenho uma coisa a dizer pra você aqui e agora: você é uma heroína, uma fofa (botou meu nome no post e eu sendo a maior besta do mundo por nem um comentário ter vindo cá deixar ainda!) e eu tou-me a sentir a pior pessoa do mundo ;-;
    Te Desejo TODA, mas TODAAAAA a felicidade desse mundo para 2016, 2017, etc... pois você merece, passou por poucas e boas nesse 2015 doido, desejo tudo de bom para a sua pequena Olívia, que ela continue a crescer bem e saudável, que seja muito feliz com você e você com ela e...e....e.... pá, tudo de bom ;_; eu... TOU NO CHÃO X_X
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. RELIIIIIIII! \O/
      Eu entendo, só pelo seu último post já deu pra sacar que estava meio bad a vida pessoal. Mas eu tinha certeza que te veria comentar aqui mais cedo ou mais tarde, tinha um feeling de que logo você apareceria por aqui! hahahauhauha
      Não precisa se preocupar com isso, eu comento lá porque realmente gosto de ler o que você escreve. ♥
      Ai, que bom que não foi difícil de ler esse monte de coisa! Acho que 2015 foi um ano meio complicado pra todo mundo, no meu realmente aconteceu MUITA coisa, mas estamos aqui firmes e fortes, não é? Mas a questão é que cada um lida do jeito que consegue, pra mim era imprescindível um lugar no qual pudesse desabafar sobre tudo isso, sabe... Escrever este post foi tirar um peso ENORME da minha consciência, foi realmente dar um adeus a 2015 com toda a experiência adquirida e toda a dificuldade vencida.
      Esse facebook é um safadjenho, esse é o lado bom dele! Mas se for ver por esse lado, eu também acabei sabendo das coisas que você fez durante o ano e não fui lá falar com você, então estamos quites! Mas muuuuito obrigada pelas suas palavras, não se sinta mal por isso, sério mesmo, eu sou muito grata a você de verdade, pois foi o seu blog que me abriu caminho pra voltar à blogosfera, já que você continuou com o Perle Noire por tanto tempo e eu sempre o acompanhei pelo FB.
      Obrigada Reli, obrigada mesmo! ;_; *chorando* Eu também te desejo tudo de melhor, de verdade, neste ano e em todos os próximos que virão!
      VAMOS CONVERSAR NO FACEBOOK MENINA! (Até porque eu quero saber das tretas e te ajudar no que estiver ao meu alcance!)
      Beijoooss e obrigada demais por vir comentar aqui! <3 <3 <3

      Excluir
  4. Este texto de retrospetiva deixou-me realmente espantada. Como você retornou à blogosfera numa época em que eu andava bem ocupada, tenho andado a ler os seus posts "na diagonal" e nem tenho conseguido comentar. Então, não sei se é culpa minha por nunca ter visto antes, mas não fazia ideia de que você fosse adulta e tivesse uma filha. Só imagine a surpresa que foi para mim :o

    Mas na verdade, o que mais me espantou foi a sua garra e força de vontade! Terminar um relacionamento, a perda do irmão, ter uma filha (o que deve cansar imenso, especialmente nos primeiros meses e enquanto você é tão nova!), cuidar da filha praticamente sozinha, estudar ao mesmo tempo, fazer TCC em 2 meses...! Mas você é humana mesmo?! COMO É QUE CONSEGUIU! E o mais surpreende é que ao contá-lo aqui no blog, falou com tanta naturalidade que parece que nem foi nada, que é algo normal que qualquer pessoa consegue fazer, que é normal ter essa força de vontade e recuperar-se depressa. Eu ia lamentar por tudo o que você passou, mas pareceu-me estar tão recuperada que agora até o considero inoportuno, pois você deu conta e tudo. Conseguir mesmo voltar à blogosfera e aos seus blogs - aliás, a ideia do cursinho de canto pareceu-me linda. Vou começar agora a ler os posts antigos devidamente, e só desse sobre o canto, eu identifiquei-me imenso com a frase "O problema é que quando eu tento, eu tenho que conseguir! " Bem eu ;)

    O mundo anda a passar por uma fase complicada, e ainda assim, há tantas pessoas incríveis como você nele que me é impossível dar a sociedade como perdida. Ouvi falar do que aconteceu ao Museu da Língua Portuguesa e é sempre uma pena essa perda de cultura. Fico feliz por todas as amizades que você fez, e por estar a conseguir recuperar o tempo perdido com os animes e tudo o mais. Se quiser recomendações, cá estou eu ^^ E aproveitando o que você disse no meu outro post, iria aceitar recomendações de clássicos sim.

    Estou a responder a comentários há horas, então não sei o que dizer mais. Que todos os seus desejos para este ano se concretizem! Jaa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Any-chan! o/

      Eu me espanto às vezes de que só faz um mês que estou por aqui, pois parece que faz muito mais, de tantas pessoas e blogs que já conheci e tantos textos ótimos que já li! Pois é, mas imagino a surpresa! hahauhauhauhahau

      Awnn, obrigada pelas palavras! Acho que só consegui devido à minha tranquilidade (as pessoas ao meu redor costumam ficar com raiva de tamanha tranquilidade que tenho pra lidar com as coisas), eu sempre penso assim: uma coisa de cada vez, sabe... E vou fazendo. Com relação à morte do meu irmão e ao nascimento da minha filha, como sigo a filosofia espírita, para mim nada mais é do que algo natural, algo que já estava fadado a acontecer, então o que devo fazer é me conformar e seguir em frente - pois meu irmão está em um lugar melhor agora, e minha filha precisa de mim a partir de agora e por toda a vida.

      Na verdade passei por uns maus bocados sim, no começo do ano, mas graças a deus já consegui superar, e realmente o que sinto agora é só alegria, o que passou, passou, sabe. O importante é olhar pro agora e para a frente. ;)

      AH, eu percebi que você é assim como eu! hahahahaha

      Obrigada de novo! ;u; Também te considero uma pessoa incrível (como já disse outras vezes), e também considero que o mundo tem salvação sim! Oba~ quero recomendações sim! E ok, vou te recomendar os clássicos conforme leio ;)

      Obrigada mais uma vez! Também torço para que seus desejos este ano sejam atendidos e que 2016 seja tudo de bom! Beijoss! :*

      Excluir
    2. Fiquei surpresa com a sua força, sério. O seu ano, definitivamente, foi difícil. Gravidez, burocracia na faculdade, tcc, tragédia familiar.. Mesmo assim você escreveu com tanta naturalidade que, de algum modo, fez tudo parecer "fluido". O modo como levou tudo, da melhor forma que pode, foi muito bonito. Estou apaixonada pela sua força. Ainda não tive filhos, mas imagino que quando isso acontecer eu vá ficar apavorada. Parece assustador ter uma vidinha dentro de você. As pessoas dizem que é assustador. O seu relato foi o primeiro que li de alguém que conseguiu levar tudo numa boa, ainda mais sozinha. Aliás, adorei o nome do seu bebe =3
      (Imagino que essa não tenha sido a intenção do post, mas eu, que estava aqui deitada na cama, chateada por não conseguir levar a faculdade tão bem quanto gostaria, senti um tapa na cara. Muito obrigada. Sério. Não sei explicar bem como, mas me sinto mais animada agora)
      Espero que o seu 2016 seja repleto de felicidade! Tipo assim, muuuita mesmo!
      (E fiquei muito feliz por ver o meu nome citado ali! =3)
      Beijinhos!

      Excluir
    3. Awwn, ter filhos não é fácil mesmo, não vou mentir, mas não estou sozinha, tenho a ajuda da minha família - e não sei o que faria sem eles, sério - e acho que o universo me deu a sorte de ter um bebê super tranquilo que é a Olívia (ela quase não chora, até agora não ficou doente, é um amorzinho)!
      Poxa, obrigada pela força, Nanda! ;u; Nem imaginava que poderia ajudar outras pessoas com este texto, mas fico muito feliz que tenha se animado e espero que consiga levar a faculdade melhor este ano!
      Também te desejo tudo de melhor em 2016!! <3
      Beijoos!

      Excluir
  5. Havia lido seu post quando você publicou (viva o Feedly!), mas aí o recesso aconteceu e acabei não conseguindo vir comentar no momento em que eu queria. Mas, mesmo atrasada, venho desejar um lindo 2016 pra você e todos os seus queridos! Fiquei contente em ver meu nome incluído no post, haha, fiquei lisonjeada. <33

    E sua bebê se chama Olivia?! AH, que coisa mais amor! É um nome tão bonitinho e meigo, adoro. E, se você tiver curiosidade, tem uma música do One Direction assim chamada, é amorzinho, haha.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigaaada, Thay! <3
      Também te desejo tudo de melhor neste novo ano!

      Sim, sim! Nossa, não fazia ideia que tinha uma música do One Direction com esse nome, depois irei procurá-la! Hahahahaha

      Beijo! <3

      Excluir

Vai comentar, velhinho? Fico agradicida!
Mas por favor, sem spam ou xingamentos, o resto ta liberado! 8)

Alguns emoticons dywos, use sem moderação:
ಠ◡ಠ . ( ͡° ͜ʖ ͡°) . (ノ・ω・)ノ . (σ≧▽≦)σ . ツ . ¯\_(ツ)_/¯ . (╥﹏╥) . ♥ . ☻ . ✿ . ☮ . ☯ . ® . ™ . ♣ . ✌ . ♪ . ♫