Together: do que sinto falta na blogosfera?

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Meu genro é tão lindo pra quem não sabe, o Deku é meu filho

Hey, hey, calopsitinhas! Tudo bem no bamba? [Essa introdução foi escrita dia 20/08] Comigo tá indo, naquelas, mais ou menos, não sei. Acho que estou com a cabeça meio sobrecarregada nos últimos tempos. Eu não sei se comentei aqui que minha filha estava indo numa psicóloga? Bem, há uns três meses a psicóloga da escolinha conversou comigo e recomendou que eu começasse a levar a minha filha toda semana para fazer um laudo dela, porque ela era muito quietinha e retraída na escola. Acabou que a psicóloga nem conseguiu fazer o laudo, depois de dois meses, porque minha filha não respondia nada que ela perguntava, e então chegou a duas conclusões: uma, que ela tem ainda uma simbiose comigo, como se não tivesse "cortado o cordão umbilical", e por ser tão apegada a mim, isso estava começando a prejudicar o desenvolvimento dela. A outra coisa era que ela tem alguns aspectos na personalidade que, se não cuidar, podem levá-la a ter o TOD (transtorno opositivo desafiador). Então, desde semana passada, eu e ela estamos fazendo terapia - eu de segunda e ela de quinta - e estou gastando dinheiro até de onde não tenho (o que infelizmente é uma preocupação válida) e eu realmente espero que isso seja útil.

Together: A gente já nasce escolhendo jogar no nivel hard

sábado, 28 de julho de 2018

Meu filho é tão precioso

Helloooo calopsitinhas do meu coração! Como vão neste lindo finalzinho de mês? Preparados para agosto, o mês eterno? Bom, eu, particularmente, estou ansiosa pela volta às aulas porque quando a gente vira mãe a gente quer que as férias passem o mais rápido possível asdjsdkjad Mas sério, é porque é realmente exaustivo e eu tenho que fazer tudo praticamente sozinha por aqui, então não me sobra quase folga pra fazer, bem, nada. O máximo que consigo é assistir anime ou séries das 23h à 1h que é depois que a minha filha dorme e eu estou muito mentalmente exausta pra fazer alguma coisa que não seja assistir uns animezinhos. Falando nisso, estou tentando preparar o post de atualizações do mês, aparentemente vou ter que juntar junho e julho de novo. Mas fazer o quê, tá valendo, né? O post de hoje é uma blogagem coletiva do Together novamente (quase que não dá tempo, mas como nóis é brasileiro, nóis entrega tudo em cima da hora mesmo), sobre um assunto que é um tanto delicado pra mim pois eu tenho muitos pensamentos e sentimentos sobre ele. Tentarei fazer alguma síntese no post, mas acho que dificilmente sairá algo redondinho. De qualquer forma, espero que essa pequena reflexão que farei seja do interesse e, quem sabe, de ajuda pra alguém. <3


O Together fez um ano e eu quero comemorar!

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Hoje eu to só o Totoro

Hello, calopsitinhas do meu coração! Como anda a vida? A minha tá ó, uma bosta bem, honestamente eu tô curtindo a Copa com todos os seus memes e acho as comemorações divertidas (inclusive as fanfics - sério, procurem fics do Neymar no Spirit, vocês vão rachar de rir eu fico imaginando se um dia o Neymar ler essas fics asdhkasdhad vai ter um ataque, coitado). Acho que prova disso é eu estar postando hoje, afinal faz uma semana só do último post sinceramente eu tô bem chocada que eu tô conseguindo postar hoje asdjkkadhasd Mas enfim, essa introdução está se mostrando uma das mais inúteis que já escrevi na vida, então vamos logo ao assunto do post.