Atualizações do Mês - Outubro

30.10.16

Só pra ficar no clima do Halloween >3

Olá, olá, Nymphicus hollandicus (é o nome científico das calopsitas), tudo na boa? É, chegamos ao final de outubro e o mês passou bem rápido, como o anterior. Porém, ao contrário de setembro, em outubro eu fiz umas quinhentas mil e duzentas milhões de coisas, assisti a vários negócios, li alguns livros, joguei uns joguinhos, por isso esse post estará bem caprichado! Hoje o post não é programado, pois graças à Soul Society já estou com internet por aqui! <3 A mudança correu bem, resolvemos quase tudo que precisávamos resolver em relação à casa e, por incrível que pareça, a maior parte da bagunça já se foi. Ou temos pouca coisa ou somos muito rápidos pra arrumar as coisas (digo, eu e minha família), e como eu tenho certeza que posso descartar a primeira opção, acho que somos eficientes mesmo HASUASHUAS. Claro que, fora isso, ainda estou estudando para um concurso nos tempos vagos, então realmente o blog não está em primeiro plano nos últimos dias. Anyway, ainda assim sei que estou devendo respostas dos comentários e principalmente visitar vossos blogs, então peço mil desculpas por isso, mas vou melhorar assim que possível. ;_;

Ah, antes de começar o post propriamente dito, preciso dizer que estou muito feliz pelo segundo lugar no Emotion Contest! <3 Obrigada à Shana e a todos vocês que visitam o L'Énigmatique, queria agradecer ainda à minha mãe, meu pai, meu vizinho, meu cachorro, meu peixe, deus... *continua discurso de Oscar infinitamente*.
Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças ★★★★★
"Joel (Jim Carrey) e Clementine (Kate Winslet) formavam um casal que durante anos tentaram fazer com que o relacionamento desse certo. Desiludida com o fracasso, Clementine decide esquecer Joel para sempre e, para tanto, aceita se submeter a um tratamento experimental, que retira de sua memória os momentos vividos com ele. Após saber de sua atitude Joel entra em depressão, frustrado por ainda estar apaixonado por alguém que quer esquecê-lo. Decidido a superar a questão, Joel também se submete ao tratamento experimental. Porém ele acaba desistindo de tentar esquecê-la e começa a encaixar Clementine em momentos de sua memória os quais ela não participa." (sinopse retirada daqui)
Eita que esse filme deu uns belos de uns nós na minha cabeça! Ele começa aonde parece ser o começo, mas depois vemos que é o meio, aí ele vai e volta e depois tem o final que parte do começo e é por aí HAUSHUASHUAHS Bom, mas independente desse vai-e-volta e de parecer meio confuso, na verdade ele não é, se você assistir ao filme com atenção. É na verdade um romance contado de uma forma sublime. É um filme triste do começo ao fim, mas de alguma forma você cria muitas esperanças durante ele, sempre junto ao protagonista, imaginando que de alguma forma tudo vai ficar bem. Gostei muito dele pois mistura elementos como ficção científica, drama psicológico e romance. O fato de a narrativa ser toda confusa é o que nos faz identificar ainda mais com o protagonista, porque afinal é justamente isso que está acontecendo com ele durante o experimento, uma loucura de memórias desaparecendo, e ele sempre tentando se apegar a alguma. Eu adorei muito a mensagem que o filme passa, é inspiradora e, bem, se eu falar mais acabarei estragando a surpresa de quem não assistiu.

The Boxtrolls ★★★★★♥
Claramente eu quando vou a uma festa

"Ovo (Isaac Hempstead-Wright) é um garoto órfão, que desde bebê foi criado nos esgotos da cidade de Ponte Queijo pelos boxtrolls, amáveis criaturas que vivem do lixo deixado por humanos. Como os boxtrolls são caçados impiedosamente por Archibald Snatcher (Ben Kingsley) e sua gangue, eles apenas deixam o subterrâneo à noite e, ainda assim, de vez em quando um deles é capturado. Quando Peixe, o boxtroll que criou Ovo, é pego, o garoto decide se aventurar pela cidade para resgatá-lo. É quando conhece Winnie (Elle Fanning), uma garota mimada que faz com que perceba que ele é, na verdade, um humano." (sinopse retirada daqui)
Eu estava querendo assistir a esse filme desde que ele saiu nos cinemas, em 2014, para terem uma noção. É um filme muito legal! É uma pena que não tenha feito muito sucesso nem nada, apesar de que dá pra entender o porquê. Não foi um filme feito para vender, mas sim para trabalhar uma história de forma artística fascinante. Digo isso porque a animação é MARAVILHOSA, é muito sensacional! É um stop-motion perfeito, lindíssimo, elegante, tudo de bom. É bem ao estilo do estúdio Laika, o qual sou muito fã. Além disso, a obra tem um clima mais sombrio e tal, meio esquisitão, meio "A Noiva Cadáver", por isso realmente não atrai muito as crianças que preferem algo mais "Frozen". Porém, a história e a mensagem que o filme passa é na verdade algo simples que pode ser digerido por todas as idades. Eu gosto da história, gosto dos personagens (a Winnie me lembra a Lizzy de Kuroshitsuji, hahaha), gosto da animação, gosto das músicas, gosto de tudo! É claro que não tem uma profundidade tão grande, afinal tem temática infantil, mas acho que explorou bem essa questão de que os humanos é que são os verdadeiros monstros ao tentar sempre julgar e exterminar tudo aquilo que é diferente, além da questão da ganância e o que ela pode fazer com alguém. Aliás, o final é ótimo, adoro o fato de que esse filme trabalha com ironia e um humor mais ácido. Assistam, sério! <3

Stranger Things ★★★★★
"Ambientada no ano de 1983, Stranger Things decorre na fictícia cidade de Hawkins, Indiana, onde um garoto de 12 anos desapareceu misteriosamente sem deixar rastros. Enquanto procuram por respostas, a polícia local, a família e os amigos do menino acabam mergulhando em um extraordinário mistério envolvendo um experimento secreto do governo, forças sobrenaturais e uma garotinha muito estranha." (sinopse pega aqui)
PENSA NUMA SÉRIE BOA! Stranger Things é ótima, ela tem tudo o que eu gosto em uma obra: mistério, romance, drama, além, obviamente, da porrada de elementos da cultura pop presente em 1983. Além disso, os protagonistas são crianças, então já imaginem como deve ser o clima do negócio. Falando nas crianças, elas são muito cativantes! Não tem como não amar o Dustin - que aliás, sou eu em tudo. Sério, quando ele aparece com os salgadinhos para a jornada de resgate do Will, eu ri MUITO, porque isso é muito a minha cara! HAUHASUHAU
E a Eleven, o Mike, o Lucas, o Will, enfim, todos eles. A gente fica realmente angustiado com toda a trama, além de não entendermos nada do que está acontecendo (há várias teorias, mas ainda nada concreto explicado) e TEM UM FUCKING DEMOGORGON! Seriously, estou muito ansiosa pela próxima temporada, principalmente por causa da Eleven. O que você está fazendo aí parado enquanto deveria estar assistindo Stranger Things? -q (depois de ler o meu post inteiro e comentar, é claro -qn)

Fuller House ★★☆
D.J. Tanner-Fuller fica viúva e mãe solteira de três filhos - J.D. (13), Max (7) e Tommy (bebê). Herdando a casa do pai em São Francisco, sua irmã Stephanie e sua melhor amiga Kimmy (mãe da adolescente Ramona) passam a morar na mesma casa para ajudá-la a cuidar das crianças.
Fuller House é uma comédia básica para quem quer relaxar e matar a saudade do seriado original, Full House (ou Três é Demais, como conhecido no Br). Foi um spin-off de 13 episódios criado pela Netflix basicamente pra todo mundo matar a saudade mesmo. Essa série não é lá grandes coisas, mas eu assisti até o final para rever todos os personagens que fizeram tanto sucesso de 1987 a 1995, e adorei ver como todos estão nos dias de hoje (e ainda atuando, tirando as gêmeas Olsen que todo mundo sabe da história né) - aliás, eles fazem várias piadinhas sobre as gêmeas. O pai e tios roubam as cenas em que aparecem, apesar de não serem muitas, mas as situações que as três mulheres e todas as crianças passam são engraçadinhas. Mas isso é tudo, é beeeem mediano e se você não assistiu ao seriado original, nem vale a pena assistir a este.

Pokémon GO ★★★★
CHEGAMOS AO SURTO? CHEGAMOOOOS! -q Bom, como todos sabem, Pokémon GO é um jogo grátis para Smartphone criado pela Niantic, no qual você é um treinador Pokemon e precisa sair por aí pegando pokemons, encontrando pokebolas e ovos, evoluindo, treinando e lutando contra outros pokemons nos ginásios. Seu diferencial é que você precisa utilizar o mundo real para isso: pode ter um pokemon na sua casa, na sua rua, no seu trabalho, bem como pokestops e ginásios. A graça desse jogo é justamente você conseguir sair por aí jogando. Por que? Porque na sua casa você vai conseguir é nada, oras. E é por isso que temos um sério problema com ele. Ninguém tem coragem de tirar o celular do bolso no meio da rua pra ficar jogando, afinal Equipe Rocket da vida real manda lembranças. Isso não seria um problema se o Brasil fosse um lugar sem violência e roubos, mas como a realidade é essa, fazer o quê.
Mas, se você tem chance de ir a lugares mais tranquilos para jogar, ele é super legal! Eu estou no nível 10 com mais de 100 pokemons. Ainda não encontrei os que eu mais queria, claro, mas isso é questão de tempo. Os criadores fizeram coisas bem inteligentes, pois os pokemons não são aleatórios; alguns tipos surgem em universidades, outros em locais com água, outros em cemitérios, etc. Eu por exemplo peguei um monte no mercado. Aqui perto tem muitos pokestops, mas sei que em várias cidades não tem absolutamente nada, acho que deviam dar uma corrigida nisso, afinal tem gente no mundo inteiro jogando. Outra crítica é que o jogo fica muito pesado e não funciona direito em muitos celulares, só nos mais novos e parrudos mesmo é que ele pega legal. E outra, como ele usa GPS, às vezes dá uns bugs bem estranhos, seu personagem vai parar lá longe hashauhsuhasuh E ah, ele obviamente consome MUITA bateria, porque utiliza vários recursos bem pesados, então é legal ter isso em mente.
Mas enfim, entre pontos positivos e negativos, eu estou gostando bastante de jogar! É super divertido pegar os pokemons e cuidar deles como se você fosse um verdadeiro treinador, e eu estou até andando mais por causa do jogo! -q Sou Team Mystic, por causa do azul, logicamente, mas também porque me identifico com a ideologia desse grupo. Apesar disso, ainda não tentei lutar em nenhum ginásio, pois meus pokemons são todos fraquinhos no momento. xD
E é isso, não sei se já jogaram, ainda jogam, vão jogar ou nem pensam em jogar, mas essas são as minhas opiniões sobre esse joguinho.

Mr Catt ★★★

Este é um jogo de celular estilo Candy Crush Saga, no sentido de que você vai passando de fase em fase, onde cada fase é um minijogo, até completar as aventuras ou chegar a um objetivo. Só que os minijogos são diferentes: é em estilo puzzle também (acho), você precisa fazer uns esquemas para retirar todas as estrelas da tela antes que os movimentos acabem. Para ser sincera, eu baixei esse jogo porque é sobre um gatinho (Mr Catt) e ele tem uma historinha para contar, o que é muito fofo. Esse jogo é lindinho! <3 Eu jogo de vez em quando apenas, porque tem algumas fases meio difíceis que acabam cansando, porém vale a pena jogar pelo design e pela história do gatinho que é tão fofa. :3

Crossy Road ★★★★

Crossy Road trata-se de um clássico joguinho de "atravessar a rua", com design estilo Minecraft (acho). Você vai atravessando até o mais longe que conseguir, passando por estradas, canteiros, linhas de trens, rios, etc. O legal dele é que, conforme você vai coletando moedinhas, pode ganhar dinheiro suficiente para desbloquear novos personagens, e cada personagem tem um cenário diferente. Alguns são muito legais, como o Pac-Man, em que o cenário é todo naquele estilo do jogo original e se você comer as bolinhas brancas, os "carros" (que são aqueles monstrinhos) viram fantasminhas e você pode até comê-los. Tem um outro personagem que está com headphones e quando você começa a jogar com ele, tudo fica pulando como se estivesse na batida que ele está ouvindo, haha! É bem legal para matar o tempo, apesar de eu estar jogando bem menos do que antes (nos primeiros 2 dias eu estava beeeem viciada). Aliás, eu baixei para Android, não sei se outras plataformas o suportam.

O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares (livro) ★★★☆
"A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas." (peguei a sinopse daqui)
Yeah, eu escolhi esse livro porque a capa é legal, admito. Além disso, eu criei grandes expectativas para essa obra, porque sempre falaram tão bem dela e tudo o mais. A verdade é que o livro é bom, sim; a leitura é rápida (não é um estilo Game of Thrones de escrita, mas convenhamos, é infanto-juvenil), a história é interessante e os personagens são realmente peculiares. Mas não é um livro de suspense como eu pensava. Os mistérios não são lá tão misteriosos e você logo descobre a verdade por trás de tudo. O personagem principal não é tão cativante quanto os secundários, o que também é um ponto negativo. As fotografias tornam o livro um pouco mais legal e um pouquinho mais assustador, se é que podemos chamá-lo assim. Ainda assim, temos que levar em conta que é um livro infanto-juvenil, não dá pra esperar um grande drama ou um terror muito explícito, por isso eu acho que pela proposta dele é um bom livro e tenho vontade de ler as suas continuações. Ainda não vi o filme, by the way.

Ao Haru Ride (mangá) ★★★★★♥
Guardei o melhor pro final, risos

Uma colegial chamada Futaba Yoshioka decide ser uma pessoa menos feminina para poder ter mais amigas e não ficar excluída na escola, já que no ginásio as outras garotas não gostavam dela por ser popular com os garotos. Mas naquela época ela gostava apenas de um menino, Kou Tanaka - que também gostava dela, mas acabou se afastando sem dizer o porquê. Agora no colegial, eles voltam a estudar juntos, mas ambos mudaram bastante e, a partir do momento em que ela se encontra com Kou novamente, sua vida começa a tomar um novo rumo. (sim, peguei a mesma sinopse que escrevi quando assisti ao anime)
Gente, eu me viciei nesse mangá de tal forma que eu o li em o que, três dias? Foi por aí, fiquei até sem dormir direito pra ficar lendo. Se você quer shipar algo bem fortemente, eu recomendo demais Aoharaido! A história é contada num ritmo muito bom, não é muito lento nem muito rápido, não há muita enrolação, as coisas vão simplesmente acontecendo uma atrás da outra e você não consegue parar de ler. Não dá nem para comparar com o anime, porque este só pegou o comecinho do comecinho da história, as tretas REAIS acontecem depois HAUHAUAH Ainda assim, achei que o anime captou bem esse início. Mas como já disse, não farei comparações. A Futaba é uma protagonista muito legal, ela não é "perfeitinha", muito pelo contrário, ela tem vários defeitos e ao mesmo tempo é muito gentil, sincera e amável. Eu gosto dela por ser mais realista do que muitas personagens de shoujo. O Kou também é um ótimo personagem, com uma profundidade grande (e gosta de gatos, JÁ GANHOU PONTOS COMIGO FLW) e achei que ambos foram bem explorados na história. Eu queria falar de um outro personagem, mas seria um belo spoiler para quem só viu o anime. MAS EU VOU FALAR MESMO ASSIM, EU PRECISO! ~spoiler~ Eu AMO o Kikuchi. Sério, é claro que eu sempre shippei KouTaba mas o Kikuchi é um personagem muito legal. Eu me identifico muito com ele, porque também fico vermelha assim gritantemente e sou muito sincera, e sei lá, achei ele muito, muito legal. Caso a Futaba não ficasse com o Kou no final, o Kikuchi seria uma ótima opção, só dizendo (mas ele pode ficar comigo, nem ligo) ~/spoiler~ Só achei que as duas amigas da Futaba poderiam ganhar um pouquinho mais de destaque na história, principalmente a Makita. Ah, e o traço é lindo! E o final é muito bonitinho. É óbvio que eu recomendo MUITO, leiam Aoharaido e sejam felizes! <3

Err... Desculpem, esse post ficou muito, muito grande... ;_;
Não me matem, please ;_;
*sai correndo*

P.S.: Avatar pego no Diário de Uma Otome e demais imagens do Tumblr. :3

7 comentários:

  1. AI, POR HOJE EU VOU DAR FIRST E VIR DEPOIS, ESSE POST TÁ MUITO GIGANTE EUHUHEE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OII HELO!
      ~só pra deixar aqui a informação de que eu vou comentar a respeito do que eu conheço e que foi citado, hai? :v

      Fico imensamente feliz que a tua mudança tenha ocorrido bem, de verdade! E siim, Outubro conseguiu passar mais depressa que o mês anterior, mas dessa vez deu pra fazer um monte de coisa útil da vida! E meh, tu ao menos tem um motivo pra tua ausência, pior sou eu que me ausento pra comer cookies -q Boa sorte aí no concurso o/

      Nossa, esse Emotion Contest foi uma coisa muito louca! Minha ansiedade foi testada ao máximo (goodbye restinho que eu tinha das minhas unhas), mas no fim deu tudo certo -q

      WAAAH, BOXTROLLS SZSZ Realmente, o filme lembra "A Noiva Cadáver" e é muuuito bem feito, complicado de entender ~pelo menos pra mim, já que tenho um problemão com prestar atenção~ mas a história é bem trabalhada e os personagens são um amorzinho. Pensando bem, a Lizzy realmente se parece com a Winnie :v

      WAAAH, POKEMON GO *eu não paro de dizer "wah", como proceder? O jogo não rodou no meu celular novo ~fiquei revoltada? fiquei, mas nada pude fazer~, mas eu joguei umas vezes e o jogo é realmente muito legal. Quero ser uma treinadora pokémon Helocchi, me ajuda TUT

      AI, EU AMO CROSSY ROAD! Era um dos meus jogos favoritos e eu tinha um elefante ;u; Não sei se ainda tem o personagem, e eu tinha o pac-man também :v O jogo é bem legal quando não se tem internet/o que fazer mesmo :v

      AAAAAAH AO HARU RIDE MEOL DEOS ~eu assisti o anime duas vezes~ eu não li o mangá (ainda estou no quarenta e três de noragami, mas é a vida), mas a narrativa do anime é realmente muito agradável. E o Kikuchi é muito fofo/engraçado mesmo :v Mas sei lá, eu acho que eu na vida sou a Futaba mesmo (bem retardada -q) E agora que eu li que tem treta, quero ler o mangá TuT Vou dar uma apressada na leitura de Noragami hoje mesmo!

      O POST FICOU SÓ GIGANTE, NÉ? QUASE NADA GRANDE, QUASE NADA ~
      Sayonara o/

      Excluir
  2. Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças é um amor sem fim, e Boxtrolls é muito amorzinho também!

    Stranger Things eu parei no terceiro episódio porque comecei a assistir com o boy e não lembro porquê nunca mais retonamos, hahaha.

    De resto eu não conheço NAAADA minha gente! Só Pokemón Go (que nunca joguei) e O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares, que quero assistir pois não tenho paciência pra ler UAHUHA

    Sinceramente gosto mais dessas coisas creepy infanto juvenil do que adulto. Gosto da temática creepy e peculiar, mas não gosto de filmes de demônios, assombrações etc. Vai entender, aushfuierhf.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. Yoo! A unica parte ruim da mudança e ficar sem conexão quando chega na casa nova, demora de 1 a 3 dias para instalarem a linha na sua casa, então até lá são horas de desespero ashuashuashua... Quando eu me mudei cinco meses atrás a atendente me deu um susto muito grande, disse que o técnico só viria instalar a linha em 7 dias uteis, eu surtei XD. Mas, por sorte, eu conheço um dos técnicos que trabalham aqui na minha cidade, então ele me disse que não vai demorar tanto não, porque eles não estavam tão ocupados assim. Demorou 2 dias, mas mesmo assim foi tenso kkk.

    Olha, ultimamente o "Photobuket" está dando uma trolada hard nos blogs, as imagens não aparecem algumas vezes... Por isso eu te aconselho a sempre hospedar as imagens no blogger mesmo.

    Eu também assisti Full House, mas ao contrario das outras versões, essa ficou mais sem graça. Não sei se é porque eu gostava muito do antigo elenco ou se o roteiro dessa nova versão está ruim. Mas, os personagens estão muito bons.

    Aqui na minha cidade (aldeia), não da para jogar isso não... só vem ratata kkkkkkkkk. Mas, mesmo assim quando eu vou para cidades maiores eu estou jogando. Não tenho bons pokemons nem de longe. Entretanto, ainda é divertido.

    Quero muito assistir O Orfanato da Senhorita Peregrine, mas eu não vou poder ir no cinema até o ano que vem, na minha cidade não tem cinema (triste), então tenho que ir para cidades vizinhas se eu quiser ver, e por enquanto não tenho dinheiro para isso kkkkkkkkk.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Helooooo <3 perdoa o sumiço das amigas por favooooooor!
    Tô sabendo dessa rotina de estudar pra concursos, mas como não tô pensando em ir muito longe de onde meus pais moram, to de olho só nos que estão por perto. Enfim.
    Já quero jogar Mr Cat! Parece legalzinho (você só me entristece nessa minha vida de ter celular old school, sabia? Sua má!)
    O Orfanato eu quero ler, quero ver, mas to sem tempo de viver. Ao menos agora tenho bolsa e posso comprar o livro, hahahaha!
    AO HARU RIDE É LINDO NÃO? Tô muito torcendo por uma segunda temporada, o anime adaptou o mangá muito bem e acho que podiam manter o bom trabalho e trazer mais Futaba x Kou pra nós em cores e movimentos >: Mas eu já me irrito com o Kikuchi, em especial mais pro final quando ele fica insistindo muito pra Futaba ficar com ele e quando ele começa a fazer birras com o Kou. Mas né, meu ship vale mais que tudo, então só de ele tentar entrar no meio já perdeu pontos comigo -qq Mas eu ia ficar feliz de ver ele se dando bem com alguém, como já aconteceu em outros mangás da Sakisaka. Quem sabe eles não fazem alguma participação especial em OmoFuri como os peronagens de Strobe edge fizeram em Aoharaido? xDD

    Fico por aqui :* beixinhos!

    P.S.: Vi o meme que tu me indicou, vou fazer e um dia posto, juro. HUHUAHUAHSUH!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Helo! \o/

    Se mês passado você teve pouca coisa para comentar no post de atualizações do mês, agora, em Outubro, você conseguiu compensar Setembro, huashuashu.

    Antes de mais nada, parabéns pelo segundo lugar no Emotion Contest! ♥

    Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças eu assisti já faz muuuuito tempo - já esqueci tantas coisas -, mas ainda assim é um filme que eu gostei bastante e tenho que vê-lo novamente algum dia.

    The Boxtrolls eu nunca ouvi falar, mas a sinopse me interessou. E concordo contigo, esses filmes com um clima mais sombrio acabam não chamando muito a atenção das crianças, que preferem aquelas animações “alegres”, em cores mais vivas. Um dia desses, por exemplo, eu estava com minha afilhada de 2 anos e resolvi procurar uma animação na Netflix para assistir com ela. Coloquei “O Estranho Mundo de Jack” – que tem um clima sombrio, cores escuras -, ela prestou atenção só por uns minutos (enquanto havia música no filme, pra ser mais especifica) e depois me deixou e foi para a sala brincar. Nesse momento fui no Youtube e coloquei um vídeo que ela adora assistir, cheio de músicas infantis e bonequinhos coloridinhos e desproporcionais. Ela correu para o quarto onde eu estava assim que ouviu a música tocar. Aí eu mudei para o filme de novo. Novamente ela prestou atenção por alguns minutos no filme e voltou para a sala. Coloquei o desenho dela novamente no computador, ela correu para o meu quarto de novo. Repeti o processo mais duas vezes. Ela ficou indo de um lado para o outro: sala, quarto, sala, quarto. Como eu sou má, fazendo a menina de “bobinha”, huashuashu. Mas depois coloquei o desenho no celular e ela esqueceu de mim e ficou lá assistindo. #Fuitrocada T_T

    Stranger Things está na minha lista desde que lançou. Eu combinei de ver a série junto com um amigo, no mesmo esquema em que assistimos The Killing: Cada um vê um episódio por dia, para depois comentarmos. Terminei TK tem mais de 1 mês e ainda estou esperando ele terminar a 4ª temporada para começarmos a assistir Stranger Things, heuheuehu. Mas antes de 2017 eu assisto. o/

    Eu também gostei bastante de Pokémon GO, sair para caçar Pokémon faz-nos sentir verdadeiros treinadores Pokémon. O ruim é a existência de tantas Equipes Rocket, e por isso temos que tomar cuidado ao jogar e evitar andar com celular em determinados locais. A proposta do jogo é bem interessante, nos faz caminhar para poder jogar, o que é bom para a saúde, haha. E sim, esses bugs no GPS são muito chatos. Tem hora que você está na frente de um pokestop, e quando vai olhar o bonequinho ainda está, parado, há duas quadras de onde você realmente está. Sobre a bateria, simplesmente evapora. Quando eu resolvo jogar, eu sempre coloco o celular na economia de bateria e diminuo o brilho da tela, com isso até que ela dura.

    O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares eu assisti apenas ao filme. E confesso, esperava mais dele.

    O anime de Ao Haru Ride está na listinha até hoje e você vive me lembrando sempre que comenta algo sobre o mangá, haha. Um dia eu assisto, juro. u.u

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá Helo!
    Seja bem vinda ao Neko Party também gostaria de avisar que voltamos com a versão 2.0 do projeto e estamos ativos novamente~!
    Kissus~

    ResponderExcluir

Vai comentar, velhinho? Fico agradicida!
Mas por favor, sem spam ou xingamentos, o resto ta liberado! 8)

Alguns emoticons dywos, use sem moderação:
ಠ◡ಠ . ( ͡° ͜ʖ ͡°) . (ノ・ω・)ノ . (σ≧▽≦)σ . ツ . ¯\_(ツ)_/¯ . (╥﹏╥) . ♥ . ☻ . ✿ . ☮ . ☯ . ® . ™ . ♣ . ✌ . ♪ . ♫