Atualizações do Mês - Fevereiro (pt. 1)

20.2.16


Hello, queridas calopsitas psicodélicas! Tudo de boa na lagoa? E lá vem mais um post-textão de atualizações do mês com as coisinhas que venho lendo/assistindo/etc. Aliás, tem tanta coisa neste mês que terei de dividir em dois posts (mentira, nem tem tanta coisa, eu é que escrevo textão de tudo) - neste post, colocarei animes, séries e jogos e no próximo trarei filmes e livros (um só livro, mas tá melhor que mês passado -q). Além disso, andei meio ocupada trabalhando no meu portfólio, apesar de ainda não ter conseguido finalizar nenhum projeto. Ainda pretendo concluir um curta-metragem animado que está em produção forevermente (tipo há uns 4 anos já, mas acabei deixando de lado por mais de dois anos) - mas de preferência gostaria de começar a trabalhar antes, rs. Anyway, fiquem com as novidades que eu já to cansada de escrever essa introdução aqui.


Haikyuu
Primeiramente, vou falar aqui apenas sobre a primeira temporada, pois ainda não comecei a assistir a segunda. Haikyuu é um anime que superou minhas expectativas para mais de 8000, pois eu não esperava nada dele e pra dizer a verdade nem sabia sobre o que se tratava. Quando vi que se tratava de vôlei, fiquei meio assim, pois animes de esportes não tendem a me agradar tanto (apesar de ter alguns sensacionais, aliás falarei mais sobre isso em outro post que estou preparando). Mas quando comecei a assistir, a história foi outra, me cativou completamente!

A trama é sobre Shoyou Hinata é, o nome do molho que vai no yakisoba, um garoto que sonha em se tornar um grande jogador de vôlei - bem, "grande" entre aspas, já que ele é super baixinho. Seu ídolo é o "Pequeno Gigante", um jogador baixinho que saltava horrores e marcava muitos pontos. Hinata perde o único jogo de campeonato que joga no ginasial e promete a si mesmo que no colegial se vingaria do "Rei", o levantador do time que o derrotou. Porém, o que acontece? Ambos - Hinata e Tobio Kageyama (o "Rei") acabam indo para o mesmo colégio (que a propósito é o lugar onde estudou o ídolo de Hinata) e precisam trabalhar em equipe. O resto, as tretas que vão rolar e o sangue que vai escorrer, só assistindo pra saber. 8)

Gostei do anime por conta do Tobio; por ter esse foco no trabalho em equipe e na amizade; pelo Tobio; por ter altos shipps imagináveis; pelo Tobio; pela animação que é muito boa, principalmente na abertura; pelo Tobio; pelos personagens que são muito dyvos; e não sei se disse antes, mas pelo Tobio. Ok, o Tobio ajuda muito a deixar o anime espetacular, mas vale a pena dar uma chance! Só não falo mais porque estou preparando um post pra comentar mais um pouco dessa obra. ;)
Hakuouki
Agora senta que lá vem surto, lá vem amor, porque esse anime foi a melhor recomendação que tive dos últimos tempos! Tenho que agradecer à Hina-chan por surtar tanto com ele, sinceramente, pois eu não esperava nada desse anime (não achei que faria meu estilo) e superou minhas expectativas em mais de 8000 de novo! Primeiramente, vou pedir que leiam este post da Hina-chan, porque não há como explicar melhor os sentimentos de quando assistimos Hakuouki - eu não tenho a pretensão de explicar de forma melhor, porque de verdade lá tem tudo, inclusive MILHARES DE FANARTS de toda a sensualização e purpurinagem presentes nessa obra! *u*

Um pouquinho sobre a história: Chizuru Yukimura, filha de um importante médico de Edo (atual Tóquio), viaja a Kyoto à procura do pai que foi viajar e parou de mandar notícias. Chegando lá, ela foi capturada pelo Shinsengumi (grupo militar que serviu ao xogunato antes da restauração Meiji) e foi mantida lá inicialmente prisioneira pois o Shinsengumi também procurava pelo pai dela. Depois ela acaba se tornando um membro do grupo e auxiliando-os em muitas coisas. Devo admitir que pensei que a Chizuru tivesse uns 12 anos quando o anime começa, mas depois as coisas começam a ficar estranhas, os anos começam a passar loucamente e a cara dela não muda, então chego à conclusão que ela já é adulta desde o início - ainda assim continua sendo meio bizarro pra mim, podiam ter feito a cara dela um pouquinho menos de criança!

De qualquer forma, pra mim nenhum anime sobre esse período se comparará a Rurouni Kenshin, mas Hakuouki também conquistou meu kokoro por diversos motivos, vamos a eles: apesar de ser baseado num otome game, o anime não é ruim não! Muito pelo contrário, tem uma protagonista legal que não incomoda, mas sim ajuda bastante, tem um harém sensual, mas o casal cannon já fica definido desde o início e pronto, tem um mooooonte de história do Japão (quando o anime é histórico é muito amor envolvido cara) e tem muito drama, sangue, morte e a trilha sonora é maravilhosa!

E vamos ao ponto forte da trama: as personagens! Devo dizer que o Saitou é o mais nutella no pão na minha opinião, poha, aquele homem sabe sensualizar! Com certeza ele pode ser shippado com todos os personagens da bagaça, sem exceção, mas eu sinceramente não shippei ele fortemente com ninguém além de mim mesma! -q Sei lá, aquele cabelinho na cara, aquele jeito sério, aquele poder todo, é muito lacrador! Não é à toa que é meu bishie na Pensão Koi e está na lista do meme dos crushes. <3 Em segundo na minha lista vem o Okita lacrador, aquele homem é MUITA sedução, segurem seus feels que quando ele tá passando ele samba mais que a Ivete e a Claudia Leitte juntas, jesuis do céu! Aquele homem é o puro glamour, a pura delícia, ~spoiler~ mesmo ele à beira da morte ~spoiler~ ele consegue seduzir, mano! Que é isso? E daí sim acho que vem o Hijikata e depois todos os outros - enquanto tiver homi, tá tranquilo, tá favorável!

Sobre os shipps, tem o shipp cannon bonitinho HijikataXChizuru pra alegria geral da nação, mas meu shipp supremo desse anime é... tantantantan... Segurem seus forninhos, que é meio diferentão... Rufem os tambores... %guys: vai logo, caraio!%... Ok, então vamos lá, meu shipp supremo é... KondouXOkita ! MWAHUAHAUHA SIIIIIM! ESSES DOIS HOMI SÃO TÃO CANNON QUE NEM DÁ PRA ESCONDER! Reparem nisso, nisso e nisso (sim, a primeira é do próprio anime) - o próprio negócio já dá vários indícios, sempre que aparece um personagem, aparece o outro também, o Okita vive defendendo o Kondou, enfim, muito amor esses dois! <3

E pra finalizar o surtinho, muitas coisas na obra são fatos históricos reais, mas tem algumas coisas que não aconteceram, óbvio. Por exemplo, ~spoiler~ no anime fica implícito que o Saitou morre, MAS ELE NÃO MORRE NÃO GALERINHA (na vida real)! ~spoiler~ O Saitou é tão fodão, mas tão fodão, que ele é o único que não toma aquela dorga lá e ainda vive pra contar a história! Esse homem é muito lacrador mesmo, mano do céu, se vocês ainda não estão amando esse homem, vocês precisam assistir esse troço pra começar a amar, porque de verdade, não tem como não se apaixonar pelo Saitou! Desculpem, é muita coisa pra comentar de um anime só, provavelmente ninguém entendeu nada, acho que farei um post direitinho só sobre Hakuouki porque não falei nem um décimo do que eu gostaria (e metade foi sobre o Saitou)! Ok? Ok! <3
Sense8
Sense8 é uma série original da Netflix que fala sobre um grupo de oito pessoas que estão interligadas entre si, pessoas especiais e "sobre-humanas" chamadas de Sensate. Coloco entre aspas pois não é muito bem explicado na série como ou porque ocorre este fenômeno, em alguns momentos conseguimos reunir ideias para tentar entender o princípio de como funciona a coisa. Bom, não somos só nós, os espectadores, que ficamos confusos - as próprias personagens também se vêem do nada nessa situação, de encontrar pessoas do outro lado do mundo, conversar com elas e incorporá-las, e é normal que seja confuso. A grande questão dessa trama é que existe uma organização do mal querendo "estudar" os Sensates - digo entre aspas pois, novamente, a gente sabe que não é bem assim. De fachada eles querem estudá-los, mas na real, pelo que eu entendi, eles querem fazer com que esses Sensate se tornem armas para o governo (pois deduzi também que essa organização trabalha junto ao governo de alguma forma). Bom, isso não fica explícito na série de forma alguma, é algo que eu deduzi, portanto acho que não é nenhum spoiler né?

Oks, eu vou dizer o que achei da série: é muito boa sim, uma história bem interessante, mas bota interessante nisso, principalmente pelas personagens - não preciso dizer que me apaixonei por todas elas. Cada uma com sua história de vida, com seus imensos problemas e dificuldades, e a forma como eles descobrem que podem se ajudar é muito bonita. E, no final, independente de seus problemas pessoais, todos tem um problema em comum - a tal da organização do mal que quer pegar cada um desses senhoritos e fritar os cérebros deles (com processos como lobotomia, que é absolutamente desnecessário pro caso deles e deixaria os coitados lelés da cuca). Outra coisa que gosto é que a série trabalha com vários gêneros e etnias diferentes (temos uma personagem trans, um homossexual, um negro, uma coreana, uma indiana, etc).

Algumas coisas me incomodaram um pouco, como por exemplo: pera aí, beleza, tem uma organização do mal atrás deles. Mas como ela tem essa liberdade de pegar pessoas comuns e alegar que elas têm problemas mentais e levar a um centro de pesquisa pra mexer com a cabeça deles? Em pleno século XXI? Pera aí, cada um tem o direito de sua escolha, se alguém quer mexer com a minha cabeça sem necessidade, eu vou arranjar um advogado e acabar com a vida desses féla da puta! Ninguém vai tocar no meu cérebro não! E outra, lobotomia em pleno século XXI? Isso não é proibidão? Isso eu achei um furo, porque não é tão fácil uns carinhas chegarem e levarem qualquer pessoa sem que ela tenha livre e espontânea vontade. E outra, mas essa é spoiler: se o médico fodão do mal lá é também um sensate, por que ele ta fazendo isso com as pessoas da própria "espécie" dele? Eles não deveriam querer se ajudar? Qual o motivo por trás disso?

Eu espero que essas coisas sejam melhor explicadas na próxima temporada, pois por enquanto é uma confusão bonita do começo ao fim. Mas ainda assim eu recomendo a série, por conta das personagens, das paisagens (aquelas montanhas da Islândia, mano do céu ♥), de todos os momentos em que me fez chorar (chorei mutcho, desculpa) e do casal mais perfeito e sedução Lito&Hernando (procurem no google, não vão se arrepender).
The Stanley Parable
The Stanley Parable é um jogo muito doidinho que a Ren me deu na Steam (obrigada de novo ♥) que basicamente conta a história de Stanley, um carinha que mora logo ali que todos os dias faz exatamente a mesma coisa - na sua pequena salinha na empresa onde trabalha, fica digitando as teclas que são pedidas a ele no computador. E é isso, o dia todo, todos os dias, sem parar. Até que um dia algo estranho acontece e ele se vê completamente sozinho na empresa. Em seu escritório, na sala de reuniões, nas outras salas, não tem absolutamente mais ninguém. Daí o seu objetivo é seguir as instruções da "voz misteriosa" que conversa com ele (no caso nós, é um jogo em primeira pessoa) e tentar descobrir o q ta conteseno.

Bom, esse jogo é muito louco. Primeiro, porque você é o Stanley e não ta entendendo é nada. Segundo, do nada uma voz sensual (é sensual mesmo) fica conversando com você - bom, ele vai narrando a história e dizendo o que você deve fazer, mas na verdade ele é mó parça e rola altos papos, apesar de ele falar sozinho. Terceiro, o jogo tem vários finais. Não vou dizer como nem quais são os finais aqui porque seria spoiler e perderia a graça e coisa e tale, mas ele tem vááários finais mesmo, e dependendo do caminho que você percorra, chegará num final diferente.

Confesso que ainda não consegui chegar a todos os finais, porque alguns precisam de muita manha mesmo. Mas já conferi vídeos e vários detonados do pessoal que chegou a eles, então tranquilo. Mas o engraçado é que quando você desobedece a voz sensual que conversa com você, ele fica puto! HuahuhHASUhuas Ele fica bravão, fica triste, enfim, o Stanley é provavelmente um carinha com problemas mentais que ouve vozes, mas que é engraçado, é!

Agora, tirando a parte da zoeira, esse jogo é muito interessante porque nos faz pensar sobre o nosso papel na sociedade, sobre o sistema, sobre o porquê de precisarmos fazer o que precisamos (estudar, trabalhar, ganhar dinheiro, colaborar com o sistema). E o que aconteceria se um dia acordássemos e percebêssemos que na verdade tudo o que vivemos é uma mentira? #Matrix

É mais ou menos nesse caminho das teorias conspiratórias que o jogo caminha e nos faz refletir. Confesso que fiquei meio com medinho quando comecei a jogar (sim, sou medrosa, me julguem), mas depois você vai ficando tranquilo porque começamos a entender o objetivo do negócio.

Bom, por fim, tem um vídeo de um dos finais do jogo (é spoiler, então se não quiserem assistir, não assistam - mas já vou deixando claro que esse final é praticamente impossível e é MUITO engraçado e bizarro) que eu recomendo, só clicar aqui.
Clicker Heroes
Eu não vou fazer uma descrição muito longa desse jogo não, só direi uma coisa: esse negócio foi criado pelo capiroto, mano! Porque pensa num jogo besta, que você não tem que fazer quase nada, mas que suga sua alma ao infinito, faz você perder a mão, a família, a vida, a inteligência, o mouse, tudo! É esse jogo. Basicamente, você tem que clicar nos monstrinhos que aparecem na tela, dando hits até eles falecerem e virarem moedas (é, os monstros não morrem nem viram purpurina, mas sim moedinhas). Aí você vai acumulando moedas pra comprar as coisas que vão te ajudar - coisas não, pessoas. Você vai comprando ajudantes, guerreiros, etc, que vão matando os bichos junto com você, e chega uma hora que você não precisa nem clicar que os seus ajudantes marotos matam os bichos sozinhos. E o jogo é só isso mesmo! A coisa mais legal é que tem mil achievements e a coisa mais tensa é que seu mouse pode quebrar a qualquer momento. Mas enfim, tem na Steam de graça, caso alguém se interesse! ;)
Mitos.is
Outro jogo inventado pelo capiroto - esse senhorzinho chamado Lucy não tem nada pra fazer mesmo, né? Fica criando um monte de jogo pra fazer os meros mortais como nós cederem ao vício e ao pecado -q Enfim, é igualzinho o Agar.io, você é uma célula que tem que comer os trocinhos que ficam no citoplasma (é isso mesmo o nome?) até ir crescendo e ficando fodelão. Mas, se uma célula maior se aproximar de você, ela pode te comer, fazendo você falecer. O que você pode fazer nessas horas é uma mitose (eitcha lelê), dividindo-se em duas células iguais, porém menores, ou seja, você fica mais rápido e foge dos manolos que querem se alimentar da sua humilde pessoa. E o jogo é basicamente isso, eu ia dizer que nunca cheguei ao primeiro lugar do ranking, mas agora pouco mesmo estava jogando e consegui chegar por alguns minutos, HÁ! *dancinha da vitória*. Também tem na Steam de graça. ;)

That's all, folks! Até o próximo post com o resto das novas e um delicioso fim de semana pra todo mundo ;)

16 comentários:

  1. Yo Hello!

    Queria pelo menos uma fez estar digitando pelo pc, mas sem Internet é Foda, então, qualquer erro ortográfico aqui é culpa do corretor do celular, ok?

    No meu caso, aconteceu um caso semelhante com Little Busters→que seria um anime de um grupo de colegas de infância no Baseboll, com um líder deliciossíssimo que é o Kyousuke Natsume, que inclusive, a besta quadrada aqui esqueceu de botar na Crush Challenge; Me deu ódio quando eu me toquei que não tinha posto o Kyousuke, cara, como eu esqueço disso? Little Busters, a propósito, é um otome game que eu infelizmente não joguei :'( Odeio quando eu tenho que me contentar só com o anime.

    E o melhor de Hakuouki é que ele é um dos Otome games que melhor teve a adaptação pra anime, sinceramente! A história foi fiel (pelo menos até onde eu estou no game) ao game, a soundtrack é muito parecida com a do game e os protagonistas são muito bem representados, fora que simplesmente não tem como não shippar Hijikata e Chizuru, é quase impossível! E no game, essa shipp fica mais intensa ainda! Mano, não me lembra do Okita que eu lembro das imagens que eu vi quando, por influência da Hina, fui pesquisar "Hakuouki Yaoi " na Internet- Só tinha imagem do Okita com o Saito...Jesus. Por falar em Hina, não conta pra ela, mas mesmo depois do anime, eu não gosto mesmo do seiyuu do Hijikata; Não sei se ela teria algo contra isso, mas é a verdade.

    Senhor Deus, não me lembra de Netflix não- ainda estou aqui querendo saber quando vai sair o Diabolik Lovers dublado por lá pra começar a negar que conheço...

    Os games aí eu não joguei nem conheço, mas estou num post falando sobre os mini otome games do Shall we Date- o Ninja Love ganhou meu coração ♥.

    Post DO Hakuouki só vou fazer quando jogar todos os gameplays, e na verdade, eu geralmente só faço posts assim quando termino de jogar os games.

    É isso! Kissus ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. YOO LIVES!

      Nossa, meus pêsames por estar sem internet, sei como é isso T-T Espero que volte logo!

      Não conhecia Little Busters! HuahHUSAu eu também esqueci alguns crushes, muito triste, terei que fazer uma outra lista algum dia desses. E ah, ainda é baseado num otome game! Entendi porque os personagens são sensuais 8)

      É verdade, Hakuouki teve uma adptação maravilhosa, grazadeus os caras tiveram bom senso! HAKUOUKI YAOI >>>> ALL HAUSHUASHUAHS Mano, eu pesquiso todo dia umas imagens yaoi de Hakuouki, é muito perfeito! <3 Eitcha, sério, não gosta do Seiyuu? Eu não tenho nada contra ele, mas sinceramente não prestei muita atenção no Hijikata não porque fui seduzida e ofuscada pelo Saitou -q

      HuahHUASHuha tanto anime bom que o Netflix podia passar e resolvem dublar DiaLovers! Pelo amor de Goku!

      Bom, eu não jogo otome games, então acabo jogando essas coisas bestas mesmo -q

      Ah, eu farei um post falando só sobre o anime de Hakuouki mesmo, já que dificilmente jogarei o game ;_;

      Kissus! :*

      Excluir
  2. EU NÃO DEVIA ESTAR A COMENTAR ISTO AGORA, MAS NÃO RESISTI!

    Oks, a questão é: só começar a falar de Haikyuu arrasou o meu coração, porque estou atualmente a assistir a segunda temporada (que garanto que é da mesma qualidade) e foi esse anime que me arrastou para os animes de desporto: Kuroko no Basket e Yowamushi Pedal (e Free, se contar) também são bem carismáticos, e ainda gostaria de ver outros, porque animes de desporto têm sempre dois pontos fortes: as "batalhas" emocionantes e bem feitas, inteligentes, com muitas estratégias e rivalidades saudáveis; e as personagens extremamente carismáticas e relações entre elas. Não me refiro só a ships, mas também a rivalidades em que no final as personagens se tornam até mais próximas, as relações "família" (Daichi e Suga, ai e mãe corvos <3), os ensinamentos transmitidos entre si, uma certa competividade pelo mesmo posto que faz as personagens crescerem... e todo o clima do anime - que, diga-se, deu um update nos traços do mangá - é simultaneamente intenso e leve, tendo uma pequena tensão dramática e mensagens fortes mas ao mesmo tempo cenas engraçadas (engraçadas? HILÁRIAS!) e de descontração. Oh, e sim, o Tobio :3 Conhece a Hanna Milla, do "Meu mundo"? Se não, procure nos meus afiliados (estão na aba "amigos" do menu), ela também é fã do Tobio.

    De Hakuouki, eu já devia tomar vergonha na cara para ver, mas o tempo não tem mesmo nadinha deixado. O ship principal com a Chizuru, primeira protagonista de um otome game adaptado que não virou bosta seca, é lindo e já sou fã dele graças à Hina-clone, mas as suas imagens Kondou x Okita fizeram-me procurar por mais no google imagens e já estou completamente convencida de que eles são canon, porque têm de ser! Como é que uma união dessas não há de ser canon? Como é que possivelmente haverá gente a não os shipar? Eu nunca conseguiria. Oh, e já tinha lido no seu outro post que o Saitou não morre, mas é bom ser lembrada de novo - aliás, sabia que a Lives do Dama de Ferro também o tem como crush? E chorei de rir com o "tá tranquilo, tá favorável", essa foi a tradução mais estrupadora que já vi alguma editora do Brasil fazer e é nestes momentos em que ainda consigo ficar contente com as editoras de Portugal (e veja que é raro eu atinar com elas) >////<

    Já ouvi falar imenso de sensate, graças a um blog chamado Conversa Cult que amo de coração. Esse blog tem uma visão fenomenal sobre a questão da representatividade e devo-lhe muito do que sei, pelo que se alguma vez for a ver séries, serão as que ele recomenda - Sensate e The100. Já sabia que o forte de sense8 eram as personagens, a diversidade entre elas e a forma como estão interligadas, levando-as com o tempo a perceber que se podem entreajudar. Sobre o dito furo da série, não sei se realmente será um furo, não é impossível que coisas dessas sejam feitas (levar alguém para um centro de pesquisa simplesmente por se alegar algo) se a organização por trás tiver poder... e dinheiro. Quanto ao spoiler, talvez esse mistério do médico esteja a ser guardado para mais tarde, não? Só supondo. Não faço realmente ideia.

    Sobre o joguinho de Stanley, de que nunca tinha ouvido falar: Adorei esta sua passagem e fico extremamente feliz sempre que vejo alguém retirar de suposto entretenimento mensagens inteligentes: "Agora, tirando a parte da zoeira, esse jogo é muito interessante porque nos faz pensar sobre o nosso papel na sociedade, sobre o sistema, sobre o porquê de precisarmos fazer o que precisamos (estudar, trabalhar, ganhar dinheiro, colaborar com o sistema). E o que aconteceria se um dia acordássemos e percebêssemos que na verdade tudo o que vivemos é uma mentira? #Matrix" E eu também haveria de ter medo no começo, quase de certeza. Adicionarei o jogo à lista e vou ver o vídeo depois :) Os outros dois jogos já não me atraíram tanto, não dariam para a minha paciência.

    Espero ansiosamente pela segunda parte do post e desejo muita força nesse seu projeto com a animação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Any-chan!~ HUASUHASUHhas sei como é esse sentimento!

      Eu gostei muito de Haikyuu, mas na verdade meu favorito de esportes é Kuroko no Basket, que assisti antes e estou até colecionando o mangá. Também amo Free, Prince of Tennis e Hikaru no Go (porque Go também é esporte hauhauaha)! E também adoro essas características dos animes esportivos (sem contar os shipps, claro). O traço de Haikyuu não gostei muito, mas isso nunca me incomoda nos animes, então tudo bem. E conheço a Hannah Mila sim! Sei como ela adora o Tobio hahahaha <3

      Eu sei que um dia você assistirá Hakuouki e vai entender o amor que sentimos por esse anime! *-* E Kondou X Okita é lindo né? Pelo menos no anime, pra mim está na cara que eles são canon! E o Saitou, ah, não tem como não se apaixonar por ele! Eu e a Lives estamos o dividindo huahauhauahuah

      Não conheço este blog Conversa Cult, depois darei uma olhada! The100 também está na minha lista de séries, todo mundo fala tão bem que preciso assistir. Em relação ao furo, acho que colocaram isso na série justamente por haver alguma possibilidade disso no mundo real, mas ainda acho que faltou consistência nessa ideia, por isso espero que a próxima temporada nos traga mais respostas - o mesmo para a questão do médico.

      Dê uma olhada sim no jogo do Stanley! É bem legal e você pode finalizá-lo rapidinho - e não dá tanto medo quanto parece hhuhauhauha

      E muito obrigada pelo apoio em relação ao meu projeto! <3

      Excluir
  3. Eu quero jogar stanley, quer diz quero fazer o meu namorado jogar, pois sou daquele tipo de pessoa que curte mais ver alguem jogado do que eu propriamente jogar.

    Sobre o anime, eu pulo, pois eu tenho uma grave alergia a shoujo rsrs

    Com carinho, Hina | Aishiteru em Contos |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu acho legal ver os outros jogarem quando o jogo é de terror (pra ver as expressões), mas outros tipos de games prefiro jogar eu mesma.

      Eu também não gosto muito de shoujo não, mas Hakuouki mal tem romance (de verdade, deve ter umas duas cenas de romance no máximo no anime inteiro), por isso achei muito bom.

      Beijos! :*

      Excluir
  4. YOOOOO HELO /O

    MUAHAHAHAHAHAHA! MULHER SEGURA QUE O SURTO VAI TÁ PODEROSO AQUI! EU NUM DISSE QUE ESSA JOÇA DE SAMURAI SENSUALIZANDO ERA BOA!? Putz, cara E EU AINDA TIVE A DIVULGAÇÃO DO MEU POST SURTADINHO! VÉEEIIII, por onde eu começo, por onde eu começo! Gente, Hakuouki é sem sombra de dúvidas a melhor adaptação de otome game! É algo diferente, não tem romance muito meloso, mas tão lá Hijikata e Chizuru lado a lado, lutando, se ajudando e compreendendo um ao outro aos pouquinhos! Acho tão fofa toda a obediência que o Hijikata cria em relação a Chizuru! Sempre faz uma birrinha inicial, mas no fim acaba obedecendo ela <33333 E manu, as cenas de ação.....QUE BATALHAS FORAM AQUELAS!? O QUE ERAM AS LUTAS NO FILMES!? O QUE FOI A LUTA FINAL HIJIKATA X KAZAMA NO SEGUNDO FILME!? E AQUELA TRILHA SONORA ESTUPENDA!? Meu deus, OTOME GAMES APRENDAM MANU, APRENDAM MANU! E sobre o Saitou véi, ele é shippável com geral! Fica bem com a Chizuru, fica bem com os outros machos, fica bem de uke, de seme, véi é multiuso essa criaturinha sensual <3 E MEU DEUS, ME ABRAÇA QUE O OKITA TAMBÉM É MEU SEGUNDO FAVORITO! E O QUE É ESSA SEGUNDA FANART DELE E DO KONDON!? SENHOOORRR ME SEGURA AQUI!

    P.s: ANY-CHAN SE ESTIVER LENDO ISSO SE LIGA EM COMO HAKUOUKI É PIKA DAS GALÁXIAS /O

    Enfim, passado o surto vamos para os próximos! Em relação ao primeiro anime eu ainda não o vi, a Any-chan vai me matar, mas tô dando uma enroladinha, porém acho que vou fazer que nem você e ir assistindo aos pouquinhos na tranquilidade!

    VÉEEIIII ESSA SÉRIE DA NETFLIX PELO VISTO PROMETE! Adorei a premissa dela! E de vez em quando eu curto ver essas coisas que bugam a cabecinha da gente <3 (o último bugador de cérebros que vi foi Evangelion) Tô nesse climão de coisas brisadas. Enfim, isso me parece até um pouco com Kuroshitsuji, pois quando você acha que algo será esclarecido PAH! Vem mais um monte de bugueiras! E achei genial darem espaço para diversas etnias e pessoas! Cara, mal conheço essa série, mas já a considero pakas!

    Sobre o game com foz sensual......shaushaushaus achei mó barato o cara ficar puto ou deprê se é desobedecido! E essa pegada de questionamentos também é algo que me atraiu bastante, aliás, volta e meia meu pai menciona matrix nessas situações, principalmente envolvendo manipulação por parte do sistema, afinal: Se você está sempre sonhando como saberá que a sua "realidade" é na verdade um sonho!? ~momento filosofia off~ hashuashauhsu

    Sobre o segundo game......Sério que ele é só isso!? Véi, eu tenho certeza que ao invés do mouse, SERIA MEU NOTEBOOK QUE VOARIA E SERIA QUEBRADO '-'

    E no final das contas um joguinho desses ensina muito mais sobre divisão celular do que muita aula por aí '-' Enfim, eu vejo meu irmão jogando isso, mas eu já fui tentar uma vez e no final foi meio que um apocalipse, pois eu me desespero na hora e.e''''

    Enfim, vou ficando por aqui

    Kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yooo Hina-chan! o/

      HUASHAHSUAHS ESSES SAMURAIS DIVOSOS SÃO VICIANTES! Não tem como não amar e não surtar com esse anime, gente! E a Chizuru consegue ser uma protagonista muito boa, que ajuda a galera e ela combina muito com o Hijikata <3 As cenas de ação são as melhores, mano! E no filme ta tipo totalmente espetacular!! E a trilha é maravilhosa! É tudo muito bonito e muito bom! ;_; Agora eu quero até jogar o jogo, de tão bom que o anime foi! Eu não consigo curtir muito o Saitou com a Chizuru, mas admito que tem algumas imagens do jogo e fanarts que são muito kawaii - mas ele com os outros machos, principalmente o Okita e o Hijikata, MANO! AI MEUS FEELS! <3 E ESSA FANART DO OKITA E DO KONDOU É PERFEIÇÃO *u*

      HahsUHASUhaush eu ri do P.S., acho que em breve a Any-chan vai aderir ao lado Hakuouki da força! <3

      Ah, Haikyuu também é muito bom, você vai curtir! E é bom ver na tranquilidade mesmo, afinal pressa pra quê? -q

      Evangelion é mais bugador que Sense8 pelo que me lembro, mas a série tem várias brisas - e o pior é que ficamos com mó pena dos personagens, porque todo mundo fica achando que eles são doidinhos. É verdade, Kuroshitsuji também tem esse lado de trazer altos mistérios e bugs! Enfim, se puder dê uma chance à Sense8 que é muito bom! <3

      Matrix, assim como esse jogo que citei, é muito bom, adoro esses enredos que tratam de manipulação das pessoas, e ficamos meio bugados mesmo com isso.

      HuhaUHASUHAUSH pois é, mas a gente enjoa fácil, já estou enjoando do jogo e talz D:

      NÃO É? Aprendi o que é mitose com um jogo, aprendi mais com um minuto de jogo do que com 3 anos de escola, mano! Pensa nisso! HuahsUASHuh eu também me desespero, por isso acabo morrendo de besteira às vezes.

      Kissus! :*

      Excluir
  5. Deixa eu confessar que comecei a assistir Hakuouki por causa desse post, hehehe. Tô no comecinho ainda, mas gostei bastante de algumas personagens. Como eu disse, temos o gosto muito parecido mesmo, porque o Saitou também roubou meu coração, HUAHAUHA.

    Sense8 é maravilhoso, mesmo com os plotholes que esperamos que sejam resolvidos nas próximas temporadas. Fiquei extremamente feliz quando anunciaram a segunda temporada, e minha personagem favorita na verdade é a Riley (sei que todo mundo odeia ela, mas eu sou simplesmente apaixoanda por ela, e pela atriz, hehehe).

    Clicker Heroes me lembrou à Cookie Clicker. Deu saudades, mas eu me recuso a passar horas CLICANDO pra conseguir comprar coisinhas que vão simplesmente clicar por mim. UHAUAHUAHAHU Esses jogos são tão bobos, mas a gente adora né, vai entender.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que? Mentira? HUAHUHAUAHA
      Hakuouki está virando uma febre na blogosfera então, porque já vi umas quatro pessoas que começaram a assistir recentemente. Ah, agora vi como temos o gosto parecido! Mas você verá que o anime vai bem além dos personagens sensuais, fala bastante sobre a história do Japão, o que me chamou totalmente a atenção quando comecei a ver.

      Sim, Sense8 tem muito potencial, eu estou louca pela próxima temporada! E sério, o povo não gosta da Riley? Eu adoro ela! Não é minha favorita, mas não tenho absolutamente nada contra, aliás adoro o estilo dela <3

      Não, esses joguinhos são do demônio! Sorte que já estou enjoando, então logo logo paro de jogar Hhauhauhauha

      Beijos!

      Excluir
  6. Helo querida <3 eu quero comentar esse post todo, mas não sei se tenho habilidade-qqq apesar de longo eu li ele rapidinho, porque você escreve muito gostoso. ♥
    Não gosto de anime de esportes também, mas me senti convencida pelo seu post, a ideia me parece super divertida. Ainda assim, sinto que não verei Haikyuu - Hakuouki já é outra historia, le problema vai ser baixar porque minhas aulas começam na fucking semana que vem já <3
    Eu já disse ue seu layout ficou lindo? Adorei a transparência e CLOUD DELÍCIA <3 Só conheço ele de Kingdom Hearts mas ele é sempre uma delícia anyway, HAHAHA!

    Beijos Helo :* perdoa o sumiço, o amor é o mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Shana! <3

      Haikyuu eu fiquei bem com o pé atrás pra assistir mesmo, mas no fim acabou sendo muito bom e fico feliz de ter assistido (apesar de não superar Kuroko no Basket, meu anime de esportes favorito). Ah, coloque Hakuouki na lista com certeza, mesmo que não vá assistir agora, porque é muito bom! *u*

      Huhauahuahuha awn, obrigada! Cloud é muito perfeito mesmo, também adoro a participação dele em Kingdom Hearts, que aliás é meu jogo favorito <3

      Beijos! E magina, sei como é a vida! hahaha

      Excluir
  7. Quando você escreve sobre os animes que está acompanhando sempre fico com vontade de fazer o mesmo, mas hoje em dia nem sei direito aonde encontrá-los. No último final de semana fuçando no Netflix vi que tem InuYasha lá e fiquei toda nostálgica! HAHA, bons tempos em que virava os dias assistindo animes. <3

    AHH, mas Sense8 eu assisti, YAY! Gostei muito da história e dos personagens, mesmo com os furos de roteiro. Espero que na 2ª temporada eles arrumem isso e tragam o Will de volta, coitado. Embora adore Lito e Hernando, minha favorita é a Sun. E o Wolfgang porque não resisto a um cara marrento com sotaque, HAHA, alguém me salva.

    Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem vários animes nostálgicos no Netflix, inclusive andei com vontade de ver um pouco de InuYasha também. <3

      Sense8 é uma série super promissora mesmo! Adoro a Sun e o Wolfgang também - ninguém resiste àquela sedução alemã hahahahaha <3

      Excluir
  8. Helo~~
    Eu não vi nem Haikyuu nem Hakuouki.. O primeiro porque eu tenho preconceitos com animes de esportes e o segundo porque eu tenho preconceitos com animes baseados em otomes games lol. Mas, eu confesso que ultimamente eu estou meio inclinada a começar a ver Hakuouki só pela quantidade de amor que eu vejo as pessoas nutrirem por esse ano (isso inclui você lol).

    Você jogou The Stanley Parable <3 <3 <3 HAHAHAHAHA Fico mó feliz em perceber que você gostou :3. Eu tenho minhas duvidas se o narrador é mesmo mó parça, porque, mano, as vezes ele fica tão puto que eu acho que se ele pudesse me arrastar pra fazer o que ele quer, ele arrastaria -q. "Stanley é provavelmente um carinha com problemas mentais que ouve vozes" LOOOOOOOOOL SABE QUE EU NEM TINHA REPARADO NISSO???
    Eu também não fiz todos os finais, porque alguns exigem muito de mim, mas fiz coisas aleatorias de atingir achivements nada a ver (pena que eu nao fiz isso na minha conta, odeio quando acabo dando achivements para as outras pessoas -q)

    É melhor eu nem começar a jogar Clicker Heroes porque certeza que é uma daquelas coisas viciantes que eu não sei lidar -q. Eu não joguei Mitos.is, mas joguei Agar.io xD. Nunca consegui ficar em primeiro :'/

    Respondendo seu comentário~
    Obrigado pelos elogios sobre o layout! Fiquei especialmente feliz na parte que você disse que ele é clean XD. Sabe, eu sou cheia de tocs, e eu sempre tento fazer coisas clean e minimamente organizadas (embora eu falhe grandiosamente as vezes). Mas, sério, a area de links esta organizada agora porque eu tinha toc extremo toda vez que olhava ela lol. Cê acredita que mesmo depois de ter feito os buttons que faltava eu ainda estava inquieta porque eles não estavam perfeitamente alinhados? lol Eu demorei pra descobrir que era por causa de um "espaço" entre as imagens u_u.

    Eu acho que se você não esta afim de trabalhar muito pra ganhar pouco, vale a pena tentar um concurso... Se você sentir que não é o que você quer, dá pra voltar e tentar entrar na sua área. (Eu tô com meio com o espirito de que é sempre possível recomeçar no momento). Mas, quem sabe você não acha alguma coisa que é mais a sua cara e se adequa aos seus interesses? Eu mesmo tive que mudar de trabalho esse ano por causa do curso, e sabe que eu encontrei para fazer? Vaga pra ensinar crianças noções básicas de programação lol. Tô indo semana que vem falar com a tia responsável.

    Eu não sei se odeio trote, acho só que eu não tenho muito ânimo mesmo. É que, sei lá, tem muito bixo que acha ~~legal~~ e gosta do trote o_õ; então, acho que, se a pessoa tá ok com isso, tudo ok. Mesmo porque não rola trote violento onde eu estudo. E tem até um pessoal aqui ("Trote da Cidadania") que, como trote, leva os bixos pra cuidar de crianças em creches e coisas assim. É bacana até.
    E, eu entrei na mesma universidade de novo! Não vou deixar a Unicamp nunca -q -n.


    Bom, até o/
    [ Maa Maa ~ ]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yoo Ren! ~

      HuaHAUHAUHA assista Hakuouki sim! Eu também tenho preconceito com animes de otome games e a maioria é realmente ruim, mas Hakuouki é uma exeção! <3

      Joguei! <3 É, então, o narrador tem esses dois lados, mas se for pensar que o cara tá sozinho no mundo, pelo menos ele em o narrador pra ajudar, então ele acaba sendo parça nesse sentido. Pois é, a primeira coisa que eu pensei foi "cara, o Stanley ouve vozes, doidinho!" -q
      AH SIM! Tem uns achievments muito random HAUAHUAH também estou tentando fazer alguns deles!

      Ah, Clicker Heroes é meio viciante no início, mas agora até já enjoei. E Mitos.is é idêntico a Agar.io mesmo, então... xD

      ----

      Nossa HAUHAUHA Agora reconheci o seu TOC, também tenho uma certa dose de necessidade de organização e perfeição, mas a minha preguiça às vezes é maior e acabo deixando uma coisinha ou outra passar.

      Você tem razão, independente da minha escolha, eu sempre posso sair e fazer alguma outra coisa. Acho que também não custa nada prestar um concurso, né? Se eu passar, eu entro pra ver como é; se não, continuo buscando outras coisas. E adorei esse trabalho que você arranjou, boa sorte nele! <3 Obrigada pelas ideias e ajuda, eu não tinha pensado nessa possibilidade de simplesmente sair e começar de novo!

      Eu sei, tem bastante gente que gosta do trote, e também acho que se for assim uma coisa saudável e cidadã, não tem problema nenhum (mas ainda assim eu não participaria hahahaha). O problema é aqueles trotes pesados e idiotas mesmo -_-
      Ah, que ótimo! Então parabéns novamente! \o/

      Até o/~

      Excluir

Vai comentar, velhinho? Fico agradicida!
Mas por favor, sem spam ou xingamentos, o resto ta liberado! 8)

Alguns emoticons dywos, use sem moderação:
ಠ◡ಠ . ( ͡° ͜ʖ ͡°) . (ノ・ω・)ノ . (σ≧▽≦)σ . ツ . ¯\_(ツ)_/¯ . (╥﹏╥) . ♥ . ☻ . ✿ . ☮ . ☯ . ® . ™ . ♣ . ✌ . ♪ . ♫